Passar para o conteúdo principal
Fundo Social Europeu Mais

O que é o FSE+

O Fundo Social Europeu Mais (FSE+) é o principal instrumento da União Europeia (UE) para investir nas pessoas. Com um orçamento de quase 99,3 mil milhões de EUR para o período 2021-2027, o FSE+ continuará a dar um importante contributo para as políticas da UE em matéria social, de emprego e educação e competências, incluindo reformas estruturais nestes domínios.

O Fundo será também uma das pedras angulares da recuperação socioeconómica da UE após a pandemia de COVID-19. A pandemia inverteu os ganhos em termos de participação no mercado de trabalho, colocou problemas aos sistemas educativos e de saúde e acentuou as desigualdades. O FSE+ será um dos principais instrumentos da UE para ajudar os Estados-Membros a dar respostas a estes desafios.

No âmbito da política de coesão, o FSE+ prosseguirá igualmente a sua missão de apoiar a coesão económica, territorial e social na UE, reduzindo as disparidades entre Estados-Membros e regiões.

FSE+: uma combinação de quatro fundos

O FSE+ reúne quatro instrumentos de financiamento que eram distintos no período de programação 2014-20: o Fundo Social Europeu (FSE), o Fundo de Auxílio Europeu às Pessoas mais Carenciadas (FEAD), a Iniciativa para o Emprego dos Jovens e o Programa Europeu para o Emprego e a Inovação Social (EaSI).

Como será prestado o apoio do FSE+

O apoio ao abrigo do FSE+ é gerido principalmente pelos Estados-Membros, desempenhando a Comissão um papel de supervisão. Por conseguinte, o financiamento processa-se através de: